Blog

Quais são os tributos que incidem sobre a venda de um imóvel?

Como corretor, você certamente já reparou que sempre que o assunto é compra e venda de imóveis, as preocupações dos clientes parecem se concentrar no valor total da transação, bem como nas respectivas taxa

 

s de financiamentos e custos de um consórcio, não é mesmo? É preciso lembrá-los de considerar também um outro fator igualmente importante, que costuma passar despercebido durante o processo de negociação, mas que causa um impacto significativo no montante final: os impostos.

Neste post, vamos relembrar quais são os tributos e encargos a que seus clientes devem ficar de olho durante a venda de um imóvel. Confira para conseguir orientá-los melhor!

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis
O Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) é um tributo municipal que incide sobre toda venda de imóvel. Sua taxa varia de cidade para cidade, mas tende a ficar entre 1% e 3% do valor da negociação ou da cotação feita pelo município, valendo o que for mais alto. O ITBI deve ser quitado pelo comprador no momento em que obtém a escritura de transmissão da propriedade.

Imposto de Renda sobre Lucro Imobiliário
Esse imposto de competência federal é cobrado sempre que a Receita infere que o vendedor obteve lucro com uma negociação. Assim, se o valor da primeira compra for inferior ao valor da revenda, haverá tributação. A alíquota do Imposto de Renda sobre Lucro Imobiliário é de 15% para pessoas físicas em cima do ganho na negociação. Caso o vendedor seja pessoa jurídica, o índice vai variar de acordo com o regime tributário adotado pela empresa.

Se a pessoa física usar o valor da venda para comprar um outro imóvel em até 180 dias, é automaticamente isenta do Imposto de Renda sobre Lucro Imobiliário. A Receita também leva em conta benfeitorias realizadas pelo proprietário no imóvel para calcular se, no momento da venda, ele realmente está obtendo um lucro com a negociação