Blog

Pesquisas Trazem Perspectivas Otimistas Para O Mercado Imobiliário

Um Dos Levantamentos Mostra Que Mais Da Metade Dos Compradores Mantêm O Plano De Comprar Um Imóvel Ainda Nos Próximos Meses – Mercado Imobiliário

A pandemia da Covid-19 atingiu em cheio a economia. No entanto, mesmo em meio ao cenário de crise que se desenha, há setores que ensaiam uma recuperação mais expressiva do que outros para os próximos meses. É o caso do mercado imobiliário, considerado um porto seguro em tempos de instabilidade dos ativos financeiros. Uma das vantagens desse segmento é que ele deve ter prioridade em receber incentivos do governo federal, já que é um grande gerador de empregos em todo o País. Além disso, o setor é beneficiado pela queda da taxa Selic.

Frente a esse cenário, a maioria das pessoas que pretendiam comprar um imóvel este ano não mudaram de ideia. É o que mostra uma pesquisa da consultoria Brain Inteligência Estratégica, especializada no setor de imóveis. O levantamento ouviu 600 pessoas com idade média de 41 anos. Todos os entrevistados já haviam respondido uma outra pesquisa, entre outubro de 2019 e fevereiro de 2020, sobre suas intenções de compra de imóveis. Questionados novamente na última semana, 53% dos que já pretendiam comprar um imóvel afirmaram que mantêm esse plano para os próximos meses. A maioria dessas pessoas mora nas regiões Sudeste e Sul do Brasil.

Sócio diretor da consultoria, Fábio Tadeu Araújo analisa o cenário com otimismo e diz que as condições são favoráveis às imobiliárias e incorporadoras, uma vez que muitas pessoas enxergam o mercado imobiliário como um porto seguro diante de outras opções de investimento. “Ainda temos condições. Seria negativo se 90% estivessem adiando a compra ou a locação de um imóvel, mas essa e outras pesquisas apontam que a maioria irá manter o cronograma normalmente”, explica.

Segundo ele, o momento não pede que incorporadoras imobiliárias parem seus lançamentos. Uma outra pesquisa, esta feita em parceria com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), mostra que 56% de 362 empresas ouvidas em março afirmaram que vão manter o cronograma. A pesquisa diz ainda que 13% pretendem lançar empreendimentos normalmente no segundo semestre de 2020 e 18% irão adiar lançamentos por até 120 dias. Outros 25% pretende adiar os lançamentos no máximo por 60 dias.

Mercado Imobiliário prevê boas ofertas

Pesquisa realizada pelo Grupo Zap apontou que 60% dos profissionais do mercado imobiliário acreditam que os preços dos imóveis ficarão mais atrativos durante a pandemia, a fim de que os negócios em andamento sejam mantidos e novos se iniciem. O estudo ouviu 1.180 profissionais, sendo que 38% deles acreditam que o mercado voltará a se aquecer ainda em 2020. Outros 31% acreditam em uma retomada mais forte a partir de 2021.

A mesma pesquisa também colheu respostas de 3.759 consumidores e 14% deles disseram que vão comprar um imóvel dentro do tempo previsto ou até antes do programado. Desses, 24% preveem que a compra acontece em menos de três meses, enquanto 30% espera fechar negócio entre quatro e seis meses.

Fonte: Diário da Região