Blog

Passo a passo para planejar uma reforma no seu imóvel

Reformar um imóvel é a preocupação primária de quem sonha com uma casa moderna e aconchegante. Aliás, quando se fala desse assunto, é comum notar a associação da obra com estresse e muita dor de cabeça.

No entanto, a reforma não precisa ser vista com um grande pesadelo. Por mais que o período traga algumas complicações no dia a dia, quando o resultado finalmente chega é uma felicidade só, não é mesmo?

Porém, temos um detalhe importantíssimo: para ter o prazer de ver o projeto pronto, é preciso organizar tudo com muita antecedência e cautela.

Para reduzir ao máximo situações inesperadas e obter o melhor resultado possível, confira o passo a passo para planejar a sua reforma!

1. Defina o seu objetivo

Existem muitos motivos para planejar uma reforma: aumentar o valor de venda, valorizar o imóvel, ampliar os espaços, corrigir falhas estruturais, alterar a arquitetura ou promover mais conforto ao ambiente, e até mesmo objetivos mais específicos, como ​​comprar ímã de neodímio para decoração. Por isso, o primeiro passo é criar um projeto de reforma.

A segunda etapa é seguir o seu projeto cuidadosamente. A maior causa de estresse imobiliário é quando o morador precisa liderar com imprevistos. Uma vez que o planejamento é respeitado, as chances de surgirem problemas é quase que 0.

2. Estabeleça um orçamento

Se você acompanha os jornais diariamente deve ter visto algumas matérias falando sobre obras superfaturadas, não é mesmo? Ou seja, quando a construção gera mais custos do que realmente deveria.

Porém, a corrupção não é a causa principal para gastos desnecessários. Às vezes, o responsável pela obra, não distribui os recursos de forma moderada.

Portanto, mesmo que você esteja planejando ​alugar gerador de energia,​entre outros, não deixe de avaliar os preços dos materiais e, a mão de obra contratada.

3. Conheça as tendências

Pensar em uma reforma é uma ótima maneira de conhecer as novas tendências. Por isso, se a sua obra gira em torno de um imóvel mais antigo, não deixe de procurar um profissional e identificar o que pode ser modernizado.

Entretanto, você pode pensar em alguns modelos mais tradicionais que podem melhorar consideravelmente o visual do seu imóvel. Os modelos de portas e janelas, por exemplo, mudaram muito nos últimos anos. Por isso, avalie essa opção para o seu lar.

4. Crie um cronograma

Essa é uma maneira muito simples para seguir o planejamento da obra. O tempo passa muito rápido, por isso podemos nos perder quando não monitoramos o andamento das atividades.

Todas as etapas deve ser elaboradas em um cronograma, desde a pesquisa dos materiais até o prazo da reforma. Uma boa maneira para facilitar esse processo é quebrar as tarefas em partes. Por exemplo:

  • Visitar as lojas de construção da cidade;
  • Visitar as lojas de construção do bairro e comparar os preços;
  • Conversar com o vendedor e verificar as formas de pagamento;
  • Verificar a data de entrega dos materiais. Dessa forma, o responsável garante a melhor compra possível e se livra de imprevistos, como chegar atrasado no trabalho para receber os materiais. 5. Priorize a infraestrutura As manutenções durante a reforma auxiliam na infraestrutura do imóvel, além de aumentar o poder de valorização. Por isso, em uma reforma residencial, você deve priorizar as instalações elétricas, hidráulicas, verificar a instalação de um ​sensor de temperatura e umidade,​e muito mais.

Além disso, essa medida evita o desperdício dos recursos durante o processo de reforma. Imagine perceber que o encanamento do imóvel está em más condições somente no final da obra?

Nesse sentido, seria necessário quebrar as paredes e analisar os tubos e conexões. Com isso, todo o dinheiro gasto com tinta e decoração acaba sendo jogado fora.

Está na hora de começar a planejar a reforma da sua casa, não é mesmo? Não esqueça da importância das etapas de um planejamento e garanta que tudo sairá conforme o esperado!

Fonte: Blog da Lopes