Blog

Mídias sociais para mercado imobiliário: vale a pena investir?

Você sabia que a maioria dos clientes tem buscado por imóveis na web? Logo, é fundamental que sua empresa faça parte deste ambiente virtual. Para isso, é necessário aprender como lidar com as mídias sociais para o mercado imobiliário.

Essa mudança de comportamento dos consumidores tem tudo a ver com as facilidades que as mídias sociais trazem de interação com o público, cada vez mais ávido por investir em imóveis residenciais ou comerciais. Mas será que vale mesmo a pena participar disto? Pois, é o que você vai descobrir agora!

Entenda que o consumidor está online e ativo

Saiba que 53% da população mundial usa a internet e 42% usa mídias sociais. Somando, são mais de 3 bilhões de pessoas ativas em plataformas como Facebook, Twitter, Instagram, WhatsApp, Messenger, Pinterest, Snapchat e por aí vai. E o Brasil está em segundo lugar em quantidade de horas dedicadas à internet, passando mais de 3 horas por dia online — de acordo com o relatório We Are Social, de 2018.

E esses dados só confirmam uma desconfiança geral: o mundo está virtual. Assim, se você quer vender mais, precisa estar também na web. Contudo, mais do que ter um perfil ou uma página no Facebook, é necessário estar ativo, dialogar com as pessoas, mostrar do que é capaz, ter autoridade e entender como pode ajudar os consumidores a escolherem o melhor imóvel.

Confira como a proximidade faz toda a diferença

Uma das principais melhorias que as mídias sociais trouxeram para o mundo do marketing imobiliário foi a proximidade, a possibilidade de interagir com os usuários de uma forma mais descontraída. Com isso, em vez de abordar um potencial cliente com um e-mail formal, começando com “prezado senhor”, você pode abrir uma caixa de diálogo e dizer “Olá, eu sou Fulano, corretor de imóveis…”. Bem mais amigável, não concorda?

E essa proximidade só é conquistada por meio de ferramentas dinâmicas como as redes sociais. De fato, os contatos informais muitas vezes são bem mais frutíferos que aquela abordagem invasiva, que fica o tempo todo ao telefone tentando prospectar clientes. Ou aquela inerte, que espera o dia todo que o telefone toque com um interessado do outro lado da linha. No caso das mídias sociais, ambos os lados têm maior liberdade de expressão e menos formalidade.

Veja como o ciclo vendas pode ser encurtado

Como a aquisição de um imóvel é uma decisão séria e que demanda muito dinheiro, a jornada do consumidor dentro do mercado imobiliário não é curta. Pois, o comprador comprometerá parte de sua renda por longos anos. No entanto, as mídias sociais podem agilizar o processo de negociação.

Assim, ao invés de marcar diversas visitas para que o cliente conheça todos os imóveis do seu catálogo e se decida por um, por meio de vídeos nas redes sociais, o corretor pode promover um tour pelas casas ou apartamentos disponíveis, por exemplo. Desse modo, o consumidor escolhe os que mais o agradou para, então, realizar a visita presencial. Isso reduz a espera da escolha e mesmo a assinatura do contrato.

Para chegar a esse patamar sua imobiliária deve começar com um site apresentando seus serviços, locais de atendimento, fotos dos imóveis dentre outros. Também, é indicado criar um blog para gerar conteúdo que estejam relacionados ao mercado imobiliário oferecendo orientações aos seus clientes. Com isso, poderá compartilhar nas redes sociais as informações para que atinjam o maior número de pessoas interessadas.

Todavia, lembre-se que cada canal tem seu público específico, por isso, é importante segmentá-lo. Por exemplo, no Facebook você pode usar fotos, vídeos, textos oriundos do seu site ou blog e também de terceiros. Ainda, dados de outros perfis e canais parecidos.

Outra opção é promover enquetes, promoções, abordar temas relativos a reformas, como dicas. Sendo sua imobiliária nacional ou regional, pense nos seus diversos tipos de clientes para cada local.

Mais uma rede social interessante para explorar é o Twitter. Nele podem ser publicados links do seu blog para que haja uma interatividade rápida com os leitores. Caso queira divulgar fotos, o Pinterest ou Instagram são os mais indicados.

Um dos grandes benefícios das mídias sociais é a possibilidade que sua empresa terá de conhecer mais profundamente seus clientes. Com ela saberá o tipo de imóvel que estão mais buscando, faixa de preço, região da cidade, o que desejam que tenha perto de sua casa e muito mais.

Além disso, poderá utilizar as palavras-chave usadas por seu público para ter ideias e desenvolver estratégias de vendas assertivas. Se você entender como deve ser usada essa avaliação, com certeza terá mais dados para suas negociações para argumentação, aumentando, assim, suas vendas.

Descubra as melhores estratégias de mídias sociais para o mercado imobiliário

Muitos empresários têm dúvidas sobre o que deve ser postado e como precisa ser sua atuação diante do ambiente virtual. Calma! Primeiramente, você necessita estabelecer os objetivos que deseja obter em cada canal, como: boa comunicação; mais visitação; geração de leads; compartilhamentos; engajamento; divulgação de produtos ou serviços e outros.

Por isso, a imobiliária precisa de um posicionamento quanto a imagem que quer construir no mercado. Logo, é essencial desenvolver estratégias como as apresentadas abaixo.

Criar conteúdos informativos

Investir em marketing é ter metas para vendas e se possível ultrapassá-las. Entretanto, ela não ocorre somente nos anúncios, mas em outras ações que sejam relevantes para seu público também. Como é o caso do blog que informa e educa sobre a sua área de atuação. Desta forma, faça com que os consumidores reconheçam seus desejos e necessidades por meio dos seus textos. Isso, promoverá um processo de vendas mais rápido e com menos problemas.

Divulgar a carteira de imóveis

Já que as redes sociais proporcionam ferramentas gratuitas para que divulgue diversos tipos de conteúdos, aproveite para criar álbum com fotos e vídeos dos imóveis que você tem para vender ou alugar. Descreva cada um deles com todas as informações importantes e compartilhe com outros usuários, para que isso possa ser replicado.

Celebrar datas comemorativas

Comemore datas relevantes da sua cidade, estado e país. Como estamos ainda estamos de quarentena, em cada postagem reforce que todos devem ficar em casa. Aproveite, ainda, para planejar e desenvolver calendários de postagens usando textos, fotos, gifs animados, memes. Saiba equilibrar cores e imagens para atrair a atenção dos consumidores. Após, compartilhe e marque seus contatos para obter uma boa audiência.

Usar canal de atendimento

Esteja bem perto de seus clientes por meio dos canais de atendimento das redes sociais. Como elas são tão populares oferecem estrutura para troca de mensagens como chat, inbox, direto tanto público como particular. Assim, vá administrando os perfis, avaliando os comentários recebidos, respondendo a eles e tendo uma interação ágil com todos.

Aprender com o feedback

Mesmo que os leads ou possíveis compradores não gostem de uma pequena parte de suas postagens, não os ignore ou abandone sua estratégia de marketing. Saiba lidar com as críticas e procure entender o que não foi legal para melhorar e ter mais oportunidades perante o público.

Procurar qualidade e não quantidade

A qualidade dos conteúdos é essencial para conquistar a atenção de seus leitores. Caso sua página não ofereça nenhum atrativo, será esquecida. Por isso, dê dicas úteis, siga as tendências do mercado, demonstre os resultados dos serviços prestados pela imobiliária, crie vídeos com depoimentos dos clientes satisfeitos ou de alguma dúvida deles. Em resumo, constitua vínculo e confiança com seus seguidores.

Buscar por parcerias

Faça parcerias com imobiliárias maiores ou prestadores de serviços similares para que o ajude a divulgar sua página. Assim, aumentará o alcance de visualização por um custo baixo, porém, procure empresas sérias e que tenham o mesmo perfil de clientes. Ainda, veja se podem publicar alguns dos seus conteúdos para que mais pessoas conheçam a empresa.

Ser interessante e atencioso

Assim como o escritório precisa ter um colaborador, nos canais digitais não pode faltar alguém que realize o atendimento online. Desta maneira, é aconselhável que tenha um profissional para gerenciar as redes sociais, manter o blog atualizado, responder perguntas e resolver reclamações.

Criar um chatbot para o Facebook Messenger

O chatbot permitirá que automatize as respostas das questões mais corriqueiras feitas pelos consumidores, sendo elas: telefone de contato, endereço, documentos necessários para compra e alugar imóveis etc. Inclusive, é possível incorporar os imóveis disponíveis a ele, para que as pessoas procurem por categoria.

Utilizar informações locais

Lembre-se de acrescentar ao planejamento os dados quanto a escolas, bares, restaurantes, supermercados, lojas, shoppings que estão na região dos imóveis ofertados. Isso, traz um grande diferencial e ajuda na seleção para fechar um bom negócio.

Faça a integração dos canais digitais ao marketing da empresa

Quanto mais transparente as empresas são em suas ações com seu público, mais consumidores conquistam, além de criar fidelidade. Contudo, como as estratégias de marketing e de mídias sociais podem refletir isso?

Simples, mantenha a mesma identidade visual e linguagem em todos os canais online e off-line. Essa integração fará com que o público reconheça sua marca diante dos concorrentes, pois perceberá que existe uma coesão de informações, independentemente do local em que estiver. Ao passo que se pode publicar o mesmo anúncio com linguagens iguais no Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, site, revista, jornal, outdoor, busdoor.

Com isso, sua união proporcionará o retorno de maior eficiência nas campanhas de marketing; um perfil mais qualificado dos seus consumidores; personalização nas ofertas, aumento da taxa de conversão de vendas e captura de informações adicionais do comprador para auxiliar no atendimento.

Para obter tudo isso, é preciso considerar os pontos de contato oriundos das mídias socais perante a jornada do consumidor, como conteúdos promocionais, dúvidas que antecedem a compra e soluções de problemas no pós-venda. Além de adaptar a estratégia de comunicação aos canais para suporte dos prospects e clientes.

Em resumo, investir em mídias sociais para o mercado imobiliário aumenta a visibilidade da marca, consequentemente, os resultados são mais satisfatórios e se consolida a imagem da empresa. A verdade é que o mercado imobiliário está cheio de oportunidades. Você só precisa encontrá-las! Então, comece pelas redes sociais e avance aos poucos em suas estratégias!

Fonte: inGaia