Blog

Monte o seu jardim de suculentas com apenas 7 passos

Quem é apaixonado por jardins e por suculentas gostaria muito de ter um desses em casa, para poder apreciar a planta a todo momento e ter uma conexão especial com a natureza. Talvez você ainda não saiba, mas preparar esse jardim é bem simples!
O processo pode ser um pouco difícil se você não souber como começar, mas se tiver um passo a passo, então conseguirá tirar essa tarefa de letra e ter o seu jardim de suculentas em casa.

Para facilitar a sua vida, nós separamos 7 passos bem simples para você ter o jardim com que tanto sonhou!

 

O que são as suculentas?

Antes de mais nada, vamos entender melhor sobre esse tipo de planta, que não é uma espécie, diferente do que muita gente pensa.

Pois é, isso pode te pegar de surpresa, mas, na verdade, as suculentas são plantas que foram engrossadas no talo, raiz ou folhas para poder guardar muito mais água do que as espécies convencionais.

É por isso que elas conseguem sobreviver em lugares bem mais complicados, como no deserto ou em outros lugares mais secos, por exemplo. Atualmente, são conhecidas mais de 6.700 espécies de suculentas.

A família Cactaceae reúne algumas das mais famosas de todas: os cactos. Logo, todo cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é um cacto.

Agora que já entendemos melhor, vamos conferir, em um passo a passo bem simples, como plantar um jardim de suculentas.

 

1 – Tenha uma ideia

Como você quer que o seu jardim seja? Prefere ter várias suculentas pequenas ou um número menor delas, mas em tamanhos maiores? Pretende fazer algum tipo de decoração diferente com a posição das plantas?

Essas são algumas inspirações em que você pode se basear para o seu jardim. As opções estarão, literalmente, em suas mãos, já que é você que está montando!

Se estiver difícil pensar em uma ideia, procure por referências em sites ou redes sociais ou converse com alguém que venda mudas e itens para jardim. Assim, ficará mais fácil definir o tema e planejar os próximos passos.

 

2 – Escolha um lugar

Escolher o lugar onde o seu jardim ficará é muito importante, já que isso influenciará diretamente na saúde e na força das plantas.

O detalhe mais importante é que ele não deve ficar em qualquer lugar. É importante separar um ponto do seu quintal ou da área em que o jardim ficará que receba raios de sol, essenciais para o crescimento das plantas.

As suculentas precisam de pelo menos 4 horas de sol por dia, então analise os pontos da sua casa e veja qual é o melhor. Assim, você garante que elas terão tudo o que precisam para crescer belas e saudáveis.

 

3 – Trate do solo

O próximo passo é cuidar do solo. Aqui, você precisa seguir algumas etapas importantes para não colocar a perder o sucesso do seu jardim.

Para começar, é preciso ter terra. Se você já tem uma área com terra em casa, colete uma porção dela e leve até uma loja de jardinagem para que eles analisem o pH e as demais características do solo e digam se ele é ou não recomendável para o plantio.

Caso a resposta seja negativa, você pode comprar alguns produtos e substratos para tratar da terra que serão indicados pelos funcionários da loja. Pode levar um certo tempo até que as características do solo estejam adequadas para começar o seu jardim de suculentas, mas isso garante que a terra esteja saudável.

Se a área do seu futuro jardim não for tão grande assim, pode ser mais fácil substituir a terra existente por uma terra nova, já preparada para plantio. Assim, você pode ganhar tempo.

Com a terra ideal, é importante deixar o solo adubado, com os nutrientes que as plantas precisam para se desenvolver. Você pode usar húmus ou outras matérias orgânicas, como sementes, grama e folhas caídas no chão, por exemplo.

O adubo NPK 10-10-10 é ótimo para as suculentas. Aplicá-lo uma vez por mês nas plantas fará com que elas cresçam mais fortes e saudáveis.

 

4 – Escolha as suculentas

Agora, chegou a hora que você tanto esperava: escolher as suculentas que serão plantadas em seu jardim!

Você pode encontrar várias dessas plantas que são bem diferentes entre si, já que como vimos anteriormente, são mais de 6.700 espécies. Algumas das mais conhecidas são as seguintes:

  • Rosa de pedra ou echevéria (Echeveria elegans);
  • Colar de pérolas (Senecio rowleyanus);
  • Orelha de Shrek (Crassula ovata gollum);
  • Sedum carnicolor;
  • Planta fantasma (Graptopetalum paraguayense);
  • Rabo-de-burro (Sedum morganianum);
  • Cactos (plantas da família Cactaceae).

 

5 – Plante as mudas

Plantar uma muda de suculenta é bem simples. Para isso, faça um buraco no solo que caiba a planta com a sua raiz e a terra, coloque-a ali e, então, complete o restante com terra, sem apertar demais para que ela não fique muito sólida.

Se quiser aproveitar que já está com a mão na massa, ou melhor, na terra, você também pode plantar algumas suculentas em vasos de plástico ou de cerâmica. Os últimos são mais indicados, já que retêm mais água e tornam as regas mais espaçadas.

 

6 – Regue as plantas

As suculentas resistem muito bem mesmo sem tanta água, o que faz com que elas sejam bastante indicadas para quem ainda está no início da trajetória de jardineiro.

O indicado é que elas sejam regadas uma vez por semana no verão e em épocas mais quentes e uma vez a cada 15 dias no inverno e em épocas de frio mais intenso.

Essa recomendação costuma funcionar, mas a melhor maneira de saber se a rega está adequada é olhar para a planta. Caso ela esteja com aspecto de murcha, aumente as regas, e se as folhas de baixo parecerem deterioradas, diminua-as.

 

7 – Continue com os cuidados

Depois que as suculentas estiverem crescidas e saudáveis, os cuidados ainda permanecem. Elas devem ser regadas na frequência certa, adubadas quando demonstrarem uma queda em seu vigor e podadas quando necessário.

Isso não será complicado, muito pelo contrário, já que cuidar de um jardim é praticamente uma terapia, que ajuda a te desligar da correria do dia a dia e se conectar com a natureza.

 

Realize o sonho do jardim de suculentas em casa!

Viu como o cultivo de um jardim de suculentas não é tão difícil assim? É só seguir direitinho a cada uma dessas dicas que você poderá ter um jardim lindo e saudável na sua casa!

Se quiser aprender ainda mais sobre o assunto, existem ótimos cursos online que trazem técnicas e procedimentos mais avançados, ideais para quem quer se especializar em jardinagem. Assim, você se tornará um profundo conhecedor da área!

 

Autor: Taina Fantin

Fonte: Blog da Lopes